Nota de pesar pelo falecimento do professor Theotônio dos Santos Júnior

A Asduerj lamenta profundamente o falecimento na última terça-feira, 27/2, do professor Theotônio dos Santos Júnior. Emérito economista político e sociólogo, compunha atualmente o quadro docente do Programa de Pós-Graduação em Políticas Públicas (PPFH) da Uerj. Formulador da teoria mar­xista da dependência, junto a outros intelectuais, como Rui Mauro Marini e Vânia Bambirra, era considerado um dos mais influentes pensadores latino-americanos dos últimos 50 anos. Com mais de 38 livros publicados e outros 78 como co-autor ou colaborador, sua obra é indicada, por especia­listas, como leitura básica para se compreender o capitalismo dependente e suas consequências na permanência da desigualdade e da injustiça no Brasil.

Theotônio dos Santos Júnior foi também um dos membros fundadores do Conselho Latino-america­no de Ciências Sociais (CLACSO), em 1967. Hoje, o Clacso reúne 624 centros de pesquisa e pós-graduação nas áreas de Ciências Sociais e Humanas em 48 países da América Latina e em outros continentes. Entre seus objetivos, está promover a investigação social para o combate à pobreza e à desigualdade, além do fortalecimento dos dereitos humanos e da participação democrática.

 O pesar pela perda do professor Theotônio dos Santos torna-se ainda maior nesse momento em que é tão necessário resistir. Resistir a uma das mais violentas investidas neoliberais no mundo, que, com feroz apetite, avança contra direitos elementares do ser humano e aprofunda, com trágica inten­sidade, o grau de dependência de países periféricos, como o Brasil, ao capitalismo transnacional. A obra do professor Theotônio, no entanto, permanecerá como desafio e instrumento para esta resis­tência e para um pensamento crítico sempre vivo.

Diretoria da Asduerj
Biênio 2017-2019