Assembleia aprova Ato contra vetos à Lei Orçamentária 2018

Além da suspensão da greve e da retomada das aulas na próxima segunda-feira, 22/1, a assembleia docente deliberou por algumas ações para o fortalecimento da luta docente em 2018.

Veja o conjunto das decisões a seguir:

Ato na Alerj no dia da avaliação em plenário dos vetos do governador a artigos da Lei Orçamentária Anual, aprovada pelo Legislativo em dezembro. Entre os artigos vetados por Pezão estão o que obriga o governo a priorizar o pagamento dos salários dos servidores na execução orçamentária e o que o proíbe de parcelar os salários.

Indicar à Diretoria de Administração Financeira (DAF) da Uerj que utilize a fonte de recursos próprios da universidade para pagar os salários atrasados dos professores substitutos.

Indicar um diretor da Asduerj para acompanhar a questão do pagamento dos professores substitutos, que não recebem seus salários desde setembro.

Discutir proposta de calendário acadêmico nas unidades.

Produzir um documento de avaliação do período de greve para divulgar entre alunos, técnicos e docentes.

Realizar seminários bianuais na universidade sobre temas pertinentes à comunidade universitária.

Realizar oficinas permanentes para pessoas de comunidades próximas.

Convocar os programas de pós-graduação a participar de uma avaliação sobre o enfrentamento da crise por que passa a universidade.