Amanhã! Nenhum direito a menos!

A diretoria da Asduerj lamenta a posição de algumas centrais sindicais pelo cancelamento da greve geral na próxima terça-feira, 5 de dezembro.

O adiamento da votação da Reforma da Previdência não significa um recuo nas intenções desse governo. Pelo contrário, o que assistimos, cotidianamente, é a sua obstinação em realizá-la. Neste momento de violento ataque aos nossos direitos, precisamos e devemos resistir nas ruas contra o ilegítimo e impopular governo Temer.

 Nosso Sindicato Nacional, o Andes-SN, nossa Central Sindical, a CSP-Conlutas, junto a outros sindicatos e inúmeros movimentos sociais continuam empenhados na construção de um grande dia de luta na próxima terça-feira.

Convidamos todos os docentes a estarmos juntos em um grande ato contra a Reforma da Previdência e a retirada de direitos, a partir das 16h, na Candelária. De lá, partiremos em passeata até a Cinelândia junto aos demais trabalhadores. Nenhum direito a menos!